DANADO DE BOM - 1984 - RCA
Faixa 11 - Autor: Jurandy da Feira
Terra, Vida e Esperança

Estou no cansaço da vida
Estou no descanso da fé
Estou em guerra com a fome
Na mesa, fio e muié
Ser sertanejo, senhor
É fazer do fraco forte
Carregar azar ou sorte
Comparar vida com a morte
É nascer nesse sertão
A batalha tá acabando
Já vejo relampear
Abro o curral da miséria
E deixo a fome passar
O que eu sinto, meu senhor
Não me queixo de ninguém
O que falta aqui é chuva
Mas eu sei que um dia vem
Vai ter tudo de fartura
Prá que teja o que não tem